Your browser version is outdated. We recommend that you update your browser to the latest version.

 

 

11º Congresso

 Imagem

 O PAPEL DAS UNIVERSIDADES NO DESENVOLVIMENTO DAS REGIÕES

As Universidades encontram-se, na actualidade, numa enorme encruzilhada. A evolução da competitividade económica baseada no conhecimento e o desenvolvimento territorial fundado nos sistemas regionais de produção coloca às Universidades novos desafios, para os quais estas terão de encontrar novas estratégias e novos desempenhos.

Para além das suas funções tradicionais nos domínios do ensino e da investigação científica, a Universidade terá de assumir outras competências relacionadas com a transferência de tecnologia, com a difusão de inovação, com a incubação e promoção empresarial, designadamente através da criação de spin offs e start ups, com a valorização do tecido económico, com a prestação de serviços tecnológicos, com a participação em parques e pólos tecnológicos ou com a inserção em redes de criação de conhecimento. As Universidades geram, acrescidamente, valias positivas nas regiões que as acolhem, em domínios que se estendem desde o comércio à cultura, desde o desporto à animação urbana.

No quadro da Estratégia de Lisboa, qual o papel que as Universidades devem desempenhar no desenvolvimento das regiões?

Sessões Paralelas:
  • Universidades, capital humano e desenvolvimento regional
  • Mercados de trabalho e especialização produtiva regional 
  • Ambiente, território e desenvolvimento sustentável 
  • Turismo, cultura e desenvolvimento 
  • As cidades e o desenvolvimento
  • A articulação urbano-rural e os serviço
  • Portugal, a união Europeia e as políticas regionais
  • Território, inovação e desenvolvimento local
  • Problemáticas transfronteiriças
  • Finanças regionais e locais
  • Novas tecnologias de informação no desenvolvimento regional
  • Problemas sociais e território 
  • VALUO – O mercado imobiliário nos centros históricos