Your browser version is outdated. We recommend that you update your browser to the latest version.

 

 

3º Workshop

 Imagem

 
Turismo e Sustentabilidade

A relação entre turismo e sustentabilidade é paradoxal. Por um lado os turistas são atraídos para lugares que lhes parecem sustentáveis e que o turismo ajuda a desenvolver. Por outro lado o turismo tem um impacto marcante no ambiente, nos espaços adaptados, na economia e nas instituições pondo em causa a sustentabilidade dos sítios turísticos e o processo de desenvolvimento baseado no turismo.
Existem inúmeros trabalhos sobre a sustentabilidade do turismo: declarações institucionais, pronunciamentos normativos e modelos de análise e avaliação.
- Em termos institucionais o conceito de desenvolvimento sustentável é sancionado por organizações internacionais como o Programa das Nações Unidas para o Ambiente (UNEP), o Conselho Internacional para os Monumentos e Sítios (ICOMOS), a Organização Mundial de Turismo (WTO) e outras.
- Em termos normativos defende-se a optimização do uso do ambiente, a manutenção dos processos ecológicos e a defesa do património natural e cultural. Propõe-se também a defesa e respeito das culturas e dos valores tradicionais. Trata-se no fundo de assegurar a viabilidade do turismo no longo prazo com a geração e distribuição justa dos benefícios, garantindo emprego e benefícios sociais estáveis e contribuindo para a redução da pobreza.
- Do ponto de vista analítico e de avaliação formulam-se e calibram-se modelos económicos onde se explicitam limites dos recursos naturais, definem-se pegadas ecológicas da actividade turística e definem-se capacidades de carga, formulam modelos integrando a economia com o ambiente, realizam-se estudos de mercado para perceber a procura face a vários tipos de destinos, etc.
A realização de um workshop sobre turismo e sustentabilidade em Ponta Delgada é uma ocasião óptima não só para analisar e debater o que tem sido pensado sobre o tema ao nível mundial mas também para reflectir sobre a sua aplicabilidade nos sítios e comunidades de Portugal.
A Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional em coordenação com o Centro de Estudos de Economia Aplicada do Atlântico e a Associação Portuguesa de Geógrafos quer criar um momento para analisar e debater o que tem sido pensado sobre o tema ao nível mundial mas também para reflectir sobre a sua aplicabilidade nos sítios e comunidades de Portugal.
Para isso mobilizamos especialistas sobre o tema para apresentarem as questões mais relevantes do ponto de vista analítico, desafiamos os investigadores portugueses a apresentarem os seus trabalhos sobre turismo e sustentabilidade; e convidamos os comunicadores, os agentes, os políticos e o público a participarem nos trabalhos e no debate final do encontro.
Para além da informação e divulgação dos resultados do encontro, os trabalhos apresentados serão seleccionados não só para um número especial da Revista Estudos Regionais mas também para livros um Livro sobre Turismo e Sustentabilidade servindo igualmente de fonte de informação para o livro Problemas Emergentes do Desenvolvimento Regional a editar pela APDR no fim do ano de 2009 com base nos trabalhos dos workshops efectuados sobre “Impacto dos Aeroportos”, “Agros, Energia e Paisagem”, “Turismo e Sustentabilidade” e “Imigração e Desenvolvimento”.